abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthC4067174-3DD9-4B9E-AD64-284FDAAE6338@1xinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshIconnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

This page is not available in English and is being displayed in Portuguese

Article

9 Dec 2021

Author:
G1

Brasil: Grupo de deputados estaduais afirma que a mineradora Imerys estaria atuando sem licenciamento ambiental em Barcarena desde 2012

"Mineradora que causou fumaça tóxica no PA não atua com devido licenciamento ambiental desde 2012, dizem deputados", 09 de dezembro de 2021

...Deputados estaduais afirmam ter constatado que a empresa Imerys Rio Capim Caulim S/A, fornecedora de caulim e carbonato, não estaria preparada para agir em situação emergencial. Os integrantes do legislativo afirmaram ainda na manhã desta quinta-feira (9) ao g1 que a empresa atua em Barcarena sem o devido licenciamento ambiental desde 2012.

No entanto, segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas), a Imerys "tem licenciamento ativo e está sob condicionantes em análise pela equipe técnica da secretaria". O g1 perguntou se há prazo para conclusão dessa análise e para a licença sem condicionantes e aguardava retorno até a última atualização desta reportagem.

A empresa também alega que atua "dentro da legislação estadual e federal, possuindo todas as licenças exigidas pelos órgãos responsáveis"...

Entre os deputados estão Carlos Bordalo, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor (CDH), da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa); Marinor Brito (Psol), Jaques Neves e Ana Cunha (PSDB) e a deputada federal Vivi Reis (Psol-PA).

"Este é o décimo incidente ambiental com esta empresa. Os outros nove estão comprovados em inquéritos instaurados pelo Estado", afirma Bordalo...

No local, os deputados colheram informações sobre a exposição da população ao depósito da queima e dispersão no ar da substância química hidrosulfito de sódio, que segundo especialistas, já foi utilizada para matar pessoas em guerras, em uma composição tóxica...

O grupo de deputados também ouviu moradores afetados, que relataram falta de ar, ardência na garganta e nos olhos. As autoridades que estavam no local aproveitaram para esclarecer os moradores sobre as medidas que estão sendo tomadas...

Story Timeline