abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

This page is not available in English and is being displayed in Portuguese

Article

Deliveroo tem estréia na Bolsa de Valores aquém das expectativas

“App de entrega de comida Deliveroo estreia na bolsa e ações despencam 30%”, 31 de Março de 202

Em meio a polêmicas sobre a situação de trabalho dos seus entregadores, a irlandesa Deliveroo estreiou na Bolsa de Valores de Londres (LSE)...E, ao contrário do esperado, foi um fiasco. As ações do aplicativo de delivery de comida despencaram 30% já na primeira hora após o IPO... Pouco tempo depois, o valor atingiu uma queda um pouco menos dramática, mas ainda assim menor do que o estimado...

...a startup estava cotada para ser a maior abertura de capital do Reino Unido desde 2011...o Deliveroo possui 100 mil entregadores cadastrados na plataforma, 2 mil colaboradores e opera em 800 cidades em 12 países no mundo. De acordo com a empresa, eles registraram um crescimento na receita de mais de 650% ano a ano, desde quando inauguraram o serviço. Em 2019, o app de delivery registou 72% de aumento em sua receita...

Analistas de mercado acreditam que um dos principais motivos para a queda foram as recentes polêmicas que envolveram a empresa com relação à precarização das condições de trabalho de entregadores – algo inerente à chamada gig economy...Os entregadores, inclusive, se preparam para um protesto programado para 7 de abril – mesmo dia em que a empresa abrirá a compra de ações ao público geral…