abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

This page is not available in English and is being displayed in Portuguese

Article

Depois de queixas da Global Witness, Facebook estuda mudanças na Europa para anúncios focados em gênero

“Facebook avalia mudanças para anúncios focados em gênero”, 09 de setembro de 2021

O Facebook estuda mudanças em sua plataforma de anúncios segmentados na Europa, após reclamações de que seu sistema envia ofertas de emprego para usuários com base em gênero.

A plataforma de anúncios da empresa mostrava empregos mecânicos para homens 96% do tempo, e ofertas de cuidado de crianças para mulheres 95% das vezes, embora as vagas não fossem deliberadamente direcionadas a um gênero específico, de acordo com uma queixa da Global Witness, ONG que postou os anúncios. Vagas para pilotos apareciam para homens 75% das vezes, e 77% das pessoas que viram um anúncio para um cargo de psicólogo eram mulheres, disse o grupo.

…A Global Witness disse que enviou as queixas à Comissão de Igualdade e Direitos Humanos e ao Gabinete do Comissário da Informação no Reino Unido...

A plataforma de anúncios do Facebook já foi criticada por práticas discriminatórias antes...Em 2019, a empresa concordou em mudar as regras para anunciantes com o objetivo de encerrar uma série de ações judiciais que acusavam a plataforma de permitir a discriminação nos segmentos de moradia, crédito e emprego. O Facebook concordou em proibir que anúncios nessas áreas sejam segmentados para usuários com base na idade, gênero ou CEP.