hide message

Hello! Welcome to the Resource Centre.

We hope you find our free tools and resources useful. Did you know we also work directly with community advocates, providing them with the skills and resources to document corporate human rights abuses and effectively communicate with business?

This is only possible through generous donations from people like you.

Please consider supporting our work.

Thank you,
Phil Bloomer, Executive Director

Donate now hide message

Brasil: Indígenas temem violência em cumprimento de ordem de despejo & divulgam carta contra o “Decreto de Morte”

Author: Guilherme Cavalli, Ascom Conselho Indigenista Missionário-CIMI (Brazil), Published on: 6 February 2018

"Ordem de despejo contra retomadas poderá repetir massacre de Caarapó, temem Guarani e Kaiowá-Decreto de Morte, como nomeia a carta divulgada pelos indígenas, autoriza despejo de retomadas Guarani e Kaiowá próximo a tekoha onde ocorreu o Massacre de Caarapó.", 29 de janeiro de 2018

...A reintegração de posse emitida pelo 1ª Vara da Justiça Federal de Dourados (MS) há três meses ordena o despejo das comunidades tradicionais Pindoroki, Nhamõe Guavyray e Guapoy Guasu, dos povos Guarani e Kaiowá...[E]m 2016...fazendeiros se reuniram e atacaram o acampamento da retomada tekoha Toro Paso, apoiados por jagunços, pistoleiros uniformizados e encapuzados. O massacre de Caarapó vitimou Clodiodi Aquileu Rodrigues de Souza, cinco Guarani e Kaiowá foram baleados e seis outros feridos. Hoje a tekoha Toro Paso passou a se chamar Kunumi Poty Verá, nome guarani de Clodiodi...[,]...Guerreiro Iluminado. O Decreto de Morte, como nomeia a carta divulgada pelos indígenas em apoio a retomada,...determina a desocupação da fazenda Santa Maria,...[em]...Caarapó, na terra indígena Dourados Amambai Pegua 1. No interior da TI em questão, estão diversos tekoha retomados pelos Guarani e Kaiowá nas últimas décadas – Paí Tavy Terã, Ñandeva, Ñamoy Guavira'y, Jeroky Guasu, Tey'Jusu, Kunumi Vera, Guapo'y, Pindo Roky e Itagua...[S]e prevê na decisão judicial a possibilidade de novo massacre...[e]...estabelece a retirada dos indígenas...A data "venceu"...Indígenas temem violência. O processo...foi movido pela Agropecuária Penteado, arrendatária da Fazenda Santa Maria, e tem como réu a União Federal, pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI)...A fazenda que incide nas tekoha – lugar onde se é – Pindoroki, Nhamõe Guavyray e Guapoy Guasu pertence a Agropecuária Penteado...[e]...era utilizada para produção de soja...Na carta...abaixo, indígenas acusam o Estado de se responsabiliza pelas mortes devido as políticas "de opressão" adotadas contra os povos tradicionais...Carta da Terra indígena Dourados Amambai Pegua´1 e apoio aos Tekohá Pindoroki, Namõe Guavyray e Guapoy Guasu. Nós Povos Indígenas Guarani Kaiowá de todos os tekohá (09 Retomadas) e da Reserva indígena Tey Kuê da T.I Dourados Amambai peguá I, estamos reunidos e mobilizados em favor das comunidades tradicionais Pindoroki, Nhamõe Guavyray e Guapoy Guasu e contra a ação de despejo concedida pelo juiz federal da 1ª instância Moises Anderson Costa Rodrigues a estas três comunidades e todo o povo Guarani e Kaiowá do estado de MS...

Read the full post here