hide message

Hello! Welcome to the Resource Centre.

We hope you find our free tools and resources useful. Did you know we also work directly with community advocates, providing them with the skills and resources to document corporate human rights abuses and effectively communicate with business?

This is only possible through generous donations from people like you.

Please consider supporting our work.

Thank you,
Phil Bloomer, Executive Director

Donate now hide message

Brasil: Futura Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos possui série de vídeos no YouTube com posições conservadoras em relação ao aborto, homossexualidade e igualdade de gênero

Author: João Pedro Caleiro e Ana Paula Machado, EXAME, (Brazil), Published on: 6 December 2018

“Em série de vídeos no YouTube, a então pastora diz que Brasil vive ditadura gay e nega que ‘milhões de mulheres’ morram com abortos”, 6 de dezembro de 2018

A nova ministra do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, a pastora Damares Alves...[é]...assessora jurídica da Frente Parlamentar Mista da Família e Apoio à Vida, da Frente Parlamentar de Combate as Drogas e da Frente Parlamentar Evangélica...[O] pensamento de Damares pode ser conhecido mais profundamente através de um culto...ocorrido em maio de 2016 e publicado no YouTube. A então pastora diz que “chegou a nossa hora” e que...[“é]...o momento de a igreja governar”...[A]...ministra falou sobre o tema aborto...[:]...[“E]u sou contra o aborto”...[E]m um dos vídeos...[,]...ela diz que os movimentos feministas manipulam dados para inflar o número de mortes causadas pelo aborto no país...[E]m um trecho do seu DVD, ela diz que estamos vivendo uma “ditadura gay” e defende uma diferenciação entre os homossexuais, que devem ser amados e acolhidos, e as associações do movimento gay, que estão “milionárias” e “jogam sujo”...[E]la também diz, entre outras coisas, que “não há uma prova científica de que o gay nasce gay...[A]..homossexualidade ela é aprendida a partir do nascimento, lá na infância, lá no berço, a forma que se lida com a criança”....[A] pastora já afirmou diversas vezes que...defende que homens e mulheres são diferentes, apesar de precisar de direitos iguais...[E]la diz também que “a mulher nasceu para ser mãe...[N]esse planeta Terra, a fêmea nasce com útero para gerar”...[“É] raça humana. O homem é protetor, provedor, cuidador. Mas a raça humana mudou. Então a gente briga com a natureza”, completa...

Read the full post here