abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthC4067174-3DD9-4B9E-AD64-284FDAAE6338@1xinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshIconnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

This page is not available in Français and is being displayed in Portuguese

Affaire

30 Oct 2019

Brasil: Óleo no litoral do Nordeste pode afetar ambiente e saúde humana; Ministério Público Federal entrou com ação contra a União alegando omissão

 

200 localidades em cerca de nove estados do Nordeste do Brasil foram atingidas pelo óleo, de com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Oceanógrafos, químicos e autoridades têm alegado que o óleo deixa rastro tóxico por milhares de quilômetros, atingido mangues e corais, colocando em risco a cultura e saúde das pessoas e populações que vivem da cadeia alimentar relacionada ao mar. Além disso, o governo federal foi omisso na resolução do que tem sido considerado um dos piores desastres marítimos do Brasil, O Ministério Público Federal entrou com ação contra a União alegando omissão do governo federal, que negou as acusações. Além disso, Intervozes alega que as comunidades mais atingidas pelo óleo não têm tido voz nos jornais impressos de maior audiência no país.

Story Timeline