abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb
Artigo

Brasil: Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas lança novo dossiê com denúncias de remoções de comunidades, construção em reserva ambiental & falta de legado esportivo

 

“Entidade divulga dossiê sobre violações aos direitos sociais em obras olímpicas”, 22 de setembro de 2015

As obras para os Jogos Rio 2016 estão violando direitos sociais, provocando remoções de comunidades, supressão de áreas verdes e entrega de patrimônio público. As denúncias constam do documento Dossiê das Violações do Direito ao Esporte e à Cidade, divulgado...[no dia 22 de setembro]...pelo Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas. Nas 54 páginas estão listados diversos casos de irregularidades, segundo os ativistas...O Estádio de Atletismo Célio de Barros...teve a pista de atletismo destruída, dando lugar a um estacionamento, deixando...atletas que ali treinavam sem local para a prática esportiva. O mesmo ocorreu com o Parque Aquático Júlio Delamare, atualmente sem uso por causa das obras da Copa e das Olimpíadas. O dossiê cita ainda a Marina da Glória, cuja reforma resultou no corte de dezenas de árvores...O representante do comitê e um dos organizadores do documento, Demian Garcia Castro, disse que o dossiê foi elaborado com base em diversas visitas de inspeção aos locais das obras. “O que a gente encontrou foi abandono, destruição, privatização, dano ambiental e atletas sem treinar. A crítica é que, no caso dos Jogos Olímpicos, não se trata de esportes, mas de negócios. Não ficam legados esportivos nem uma cidade melhor para as pessoas...”, afirmou...[C]riticou a construção do campo de golfe olímpico...[que]...está sendo feito em uma área de proteção ambiental...Quanto à remoção da Vila Autódromo,...ao lado do Parque Olímpico,...disse que os maiores beneficiados serão os grandes proprietários de terra da Barra da Tijuca. “O legado social das Olimpíadas pode ser um apartheid social”...