abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb
História

Brasil: Construtora, que já figurou na “Lista Suja”, fica responsável por área extrativista, sem ouvir a comunidade

ICMBio

A construtora MRV Engenharia firmou junto ao Ministério do Meio Ambiente, em 14 de abril, um protocolo para “adoção” da Reserva Extrativista (Resex) Marinha Cuinarana, em Magalhães Barata (PA). A reserva tem 11.036,41 hectares onde mais de mil famílias dependem da área para seu sustento.

Para especialistas, a empresa tem que ouvir e consultar essas populações, conforme a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho, de consulta prévia a povos indígenas e populações tradicionais”, completa o especialista.