abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapelocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewprofilerefreshnewssearchsecurityPathtagticktooltiptwitteruniversalityweb
Artigo

Brasil: Governo diz que ao menos 9 pessoas morreram em desastre do rompimento da barragem de Brumadinho, da Vale; empresa comenta

"Governo diz que ao menos 9 pessoas morreram em desastre de Brumadinho", 25 e 26 de janeiro de 2019
O governo de Minas Gerais informou na noite...[de 25 de janeiro]...que ao menos nove pessoas morreram no rompimento de uma barragem da mineradora Vale na manhã de hoje em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo informações oficiais, nove corpos foram retirados debaixo da lama despejada com os rompimentos. As vítimas ainda não foram identificadas.
O Corpo de Bombeiros resgatou 189 pessoas com vida e levantou que pelo menos 300 pessoas estão desaparecidas: 150 na área administrativa situada nas proximidades da barragem que rompeu; 30 na região da Vila Ferteco; aproximadamente 35 na Pousada Nova Estância; e 140 na região do parque das cachoeiras. A corporação divulgou uma lista com os nomes das pessoas que foram resgatadas com vida após o rompimento da barragem. A lista das pessoas encaminhadas a hospitais está no final desta reportagem...[A]...Vale informou às autoridades que, no momento do desastre, havia 427 empregados da empresa no local. Ao todo, 279 foram localizados e não correm perigo, e cerca de 150 funcionários são considerados desaparecidos...[Há menção à BHP e à Samarco]...

Story Timeline