abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapelocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewprofilerefreshnewssearchsecurityPathtagticktooltiptwitteruniversalityweb
Artigo

Carta de 38 CEOS brasileiros a Mourão pede combate a desmatamento. Pela 1ª vez no governo Bolsonaro, líderes empresariais se unem contra a devastação e pedem ações socioambientais efetivas

...38 grandes empresas brasileiras e estrangeiras e de quatro entidades setoriais do agronegócio, do mercado financeiro e da indústria...enviaram uma carta aberta ao vice-presidente Hamilton Mourão – que também é presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal – em que manifestaram preocupação com o desmatamento e pediram providências efetivas e urgentes contra a devastação da Amazônia e dos outros biomas, inclusão das comunidades locais, valorização da biodiversidade e que a retomada da economia siga o caminho do baixo carbono.

...A carta-manifesto é assinada por dirigentes das empresas Agropalma, Alcoa, Amaggi, Ambev, Bayer, Brasilagro, Cargill, Cosan, DSM, Ecolab, ERM, Grupo Vamos, Iguá, Jacto, JSL, Klabin, Marfrig, Mauá Capital, Michelin, Microsoft,Movida, Natura, Schneider Electric, Shell, Siemens, Sitawi, Stefanini, Suzano, Ticket Log, Vale, Vedacit e Wework, dos bancos Bradesco, Itaú, Rabobank e Santander, da estatal Eletrobras e das entidades Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Abiove), Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

Há três semanas, 29 fundos que gerenciam US$ 3,7 trilhões em ativos enviou carta para embaixadas brasileiras alertando o governo brasileiro que o desmatamento poderá atrapalhar investimentos no Brasil... 

Story timeline