Você será redirecionado/a para a história na qual essa parte de conteúdo se encontra, para que você possa lê-la dentro do contexto. Por favor, clique no link seguinte se não for direcionado/a automaticamente dentro de alguns segundos:
pt/brasil-revista-do-ministério-da-justiça-trata-de-anistia-justiça-de-transição-cumplicidade-empresarial-com-violações-de-direitos-humanos-em-ditaduras#c132140

Brasil: 10ª edição da Revista Anistia Política e Justiça de Transição

Autor: Ministério da Justiça (Brazil), Publicado em: 22 January 2016

Brazil capa 10 edicao revista Anistia_credit_Ministerio da Justica

A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça tem a alegria de apresentar aos seus leitores a 10ª edição da Revista Anistia Política e Justiça de Transição...[E]sta Revista consolida-se como a principal publicação periódica em língua portuguesa sobre Justiça de Transição e como importante veículo de divulgação das políticas públicas da Comissão de Anistia e seus parceiros na academia e na sociedade civil...Entre...[os]...temas...[abordados]...estão a complementaridade entre políticas de reparação e memória, o papel das vítimas e a importância dos testemunhos na reconstrução da memória histórica, experiências e modelos de busca pela verdade, formas de intervenção em saúde mental pós-conflito, gênero e repressão, e a atuação da ditadura contra a comunidade de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros...Renovando essa tradição de debater ações das três esferas do governo e da sociedade civil de maneira interdisciplinar... a presente edição apresenta, além da seção de artigos, um dossiê que se debruça sobre novo tema emergente da Justiça de Transição: a cooperação econômica com as graves violações contra os direitos humanos...[O]...dossiê Cooperação Econômica com a Ditadura Brasileira transborda a própria seção “dossiê”...[foi]...organizado pelo especialista independente da ONU para dívida externa e direitos humanos, o argentino Juan Pablo Bohoslavsky, e pelo editor-geral da Revista Anistia, Marcelo Torelly...Os dez textos que compõem o dossiê fornecem um panorama detalhado da evolução dos campos da Justiça de Transição e dos negócios e direitos humanos, até sua junção em um só vetor no debate da cooperação econômica com a ditadura, introduzindo e analisando em profundidade o caso brasileiro. Coroando essa edição especial sobre tão relevante tema, a seção de documentos apresenta, pela primeira vez em português, os três tomos do Informe sobre Cumplicidade Empresarial e Responsabilidade Legal, elaborado pela Comissão Internacional de Juristas e publicado, na Suíça, entre os anos de 2005 e 2008...Paulo Abrão Presidente da Comissão de Anistia...

[Há menção às seguintes empresas: Azucar Ledesma, Banco Mercantil de São Paulo, Bank Corporation, BM, Cia. Cervejaria Brahma; Chiquita Brands, Cia. de Cigarro Souza Cruz; Seleções Reader’s Digest, Estaleiro Ishikawajima, Estaleiro Mauá, Fábrica Nacional de Motores, Flick, FNCB, United Fruit, Folha da Manhã, Folha da Tarde, Hoechst, IG Farben, Kibon; Kiobe, Krupp, Lahmeyer International, Light Serviços de Eletricidade, Lojas Americanas, Metal Arte, Rede Ferroviária Federal, Supergel, Swiss, Ultragás, Union Bank of Switzerland e Vista Alegre Mediadora]

Leia a postagem completa aqui