Brasil: 86 ONGs pedem a parceiros e investidores da Vale que exijam da empresa reparação aos atingidos pelo rompimento de sua barragem em Brumadinho

Brazil barragem Brumadinho_credit_Corpo de Bombeiros_http://imagens.ebc.com.br/sF-jj9qLi_xpx6I7aHVXiYojQMQ=/754x0/smart/http://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/default/files/thumbnails/image/barra.jpg?itok=7wm1ujbc

[Para ler esta história em inglês, clique aqui]

 

O Centro de Informação sobre Empresas e Direitos Humanos convidou 21 empresas a responder sobre cartas de 86 organizações de vários países que tratam de preocupações sobre os impactos e violações de direitos humanos relacionados ao desastre da barragem de Mina do Feijao em 25 de janeiro de 2019, em Brumadinho, Brasil. As cartas também abordam o desastre da barragem do Fundão, considerado um dos piores desastres socioambientais do país. A barragem era de propriedade da Samarco, uma joint venture entre a Vale e a BHP. As organizações alegam que as empresas estão envolvidas nas atividades/cadeia de fornecimento da Vale ou são parceiras da empresa e pedem que elas exijam que a Vale promova a reparação aos atingidos pelo rompimento.

 

As empresas Allianz, Arcelor-Mittal, BHP, BMW, BNP Paribas, Daimler, Deutsche Bank, Ford, HSBC, ING, ThyssenKrupp e Vale responderam. DZ Bank, General Motors, Samarco e Tüv Süd AG não responderam. Informaremos no futuro próximo se as empresas Cargill, Crédit Agricole, Hebei Jingye Group e Nissan responderam.

 

Para saber mais sobre o desastre da barragem de Mina do Feijão em 25 de janeiro de 2019, em Brumadinho, Brasil, clique aqui. Para saber mais sobre o desastre da barragem do Fundão, clique aqui.

Receba RSS dos resultados

Todos os componentes dessa história

Resposta
8 April 2019

Resposta da Allianz

Autor: Allianz (Germany)

[Resposta disponível apenas em inglês]

Leia a postagem completa aqui

Resposta
5 April 2019

Resposta da BHP

Autor: BHP (Australia)

[Resposta disponível apenas em inglês]

Leia a postagem completa aqui

Resposta
2 April 2019

Resposta HSBC

Autor: HSBC Group

[Resposta disponível apenas em inglês]

Leia a postagem completa aqui

Não resposta
1 April 2019

Não resposta da Samarco

Autor: Samarco (Brazil)

1st April 2019

...Em resposta ao e-mail abaixo, esclarecemos que a Mina Córrego do Feijão pertence à empresa Vale e, por este motivo, a Samarco não poderá responder aos questionamentos enviados...

Não resposta
26 March 2019

Não resposta da Tüv Süd

Autor: Tüv Süd

26 March 2019

...Imediatamente após o rompimento da barragem em Brumadinho, a TÜV SÜD iniciou uma investigação independente sobre o caso e ofereceu sua total cooperação às autoridades para o esclarecimento das circunstâncias do colapso da estrutura. Em respeito a essas investigações, no momento a empresa não está se pronunciando sobre o caso...

Resposta
25 March 2019

Resposta da Arcelor Mittal

Autor: Arcelor Mittal (UK)

[Resposta disponível apenas em inglês]

Leia a postagem completa aqui

Resposta
25 March 2019

Resposta do BNP Paribas

Autor: BNP Paribas (France)

[Resposta disponível apenas em inglês]

Leia a postagem completa aqui

Resposta
22 March 2019

Resposta da ING

Autor: ING (Netherlands)

[Resposta disponível apenas em inglês]

Leia a postagem completa aqui

Company response
1 March 2019

Resposta da thyssenKrupp

Author: thyssenKrupp (Germany)

[Resposta disponível apenas em inglês]

Read the full post here