Você será redirecionado/a para a história na qual essa parte de conteúdo se encontra, para que você possa lê-la dentro do contexto. Por favor, clique no link seguinte se não for direcionado/a automaticamente dentro de alguns segundos:
pt/brasil-óleo-no-litoral-do-nordeste-pode-afetar-ambiente-e-saúde-humana-ministério-público-federal-entrou-com-ação-contra-a-união-alegando-omissão-0#c197943

Brasil: Ativistas do Greenpeace são detidos após protesto contra vazamento de petróleo no nordeste e Min. do Meio Ambiente os chama de ‘ecoterroristas’

Autor: Giovanna Galvani, Carta Capital (Brazil), Publicado em: 2 November 2019

“Chamados de ‘ecoterroristas’ por Salles, ativistas são presos em Brasília-Manifestantes do Greenpeace foram liberados três horas após apreensão. Nas redes sociais, Ricardo Salles criticou novamente a organização”, 23 de outubro de 2019

Dezessete ativistas do Greenpeace...foram apreendidos nesta quarta-feira 23 após mobilizarem protesto contra o vazamento de petróleo que atinge as praias do litoral nordestino.Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, os manifestantes foram levados à delegacia por terem cometido crime ambiental ao jogarem no asfalto em frente ao Palácio do Planalto uma mistura de água, maisena e corante. Além do “óleo”, também havia madeira “queimada” para simbolizar as ações criticadas do governo federal em relação à crise na Amazônia...Após ficarem detidos por três horas, os manifestantes foram liberados e, de acordo com o Greenpeace, não houve nenhuma incidência penal no caso...[O]s ativistas exibiam faixas como “um governo contra o meio ambiente”, “Brasil manchado de óleo” e “Pátria queimada, Brasil” para chamarem a atenção ao estado das políticas ambientais do atual governo.“Mais uma vez, o governo mente e espalha falácias sobre a atuação de ONGs, como vimos nas queimadas na Amazônia, como forma de desviar a atenção da sua própria falta de ação e incompetência”, afirmou Thiago Almeida, integrante da ONG. O ministro do Meio-Ambiente, Ricardo Salles, e o presidente em exercício Hamilton Mourão ironizaram a presença dos ativistas. “Não bastasse não ajudar na limpeza do petróleo venezuelano nas praias do Nordeste...

 

Leia a postagem completa aqui