Brasil: Conselho Ribeirinho do Xingu apresenta denuncia contra a tática de protelação do plano de retorno de famílias retiradas das margens do Xingu por Belo Monte

Autor: Movimento Xingu Vivo Para Sempre (Brazil), Publicado em: 21 May 2019

 “Documento divulgado em coletiva de imprensa denuncia tática de protelação do plano de retorno de famílias retiradas da margem do Xingu por Belo Monte”, 21 de maio de 2019

 ...[D]enúncia apresentada nesta terça, 21, pelo Conselho Ribeirinho do Xingu, que representa cerca de 300 famílias expulsas dos territórios na beira do rio, em coletiva à imprensa de Altamira. O óbito mais recente, explicaram lideranças do Conselho, ocorreu no último domingo, dia 19. Lídia Ferreira da Costa...[D]e acordo com familiares, as condições precárias de sobrevida na cidade e a falta de perspectiva de reassentamento nas margens do reservatório da usina por parte da Norte Energia – obrigação constante da Licença de Operação de Belo Monte -, geraram um quadro de depressão profunda e adoecimento crônico, que resultou em sua morte...[D]epois de mais de um ano de descumprimentos do acordo, a Norte Energia havia se comprometido a apresentar, nesta segunda, 20, o projeto definitivo de constituição do Território Ribeirinho...[A]...empresa comunicou que a apresentação do plano seria postergada por um mês, mas que haveria uma conversa nesta terça. No fim da tarde de segunda, também esta conversa foi cancelada unilateralmente...[D]e acordo com levantamento do Conselho, já são mais de 15 ribeirinhos mortos por doenças contraídas em consequência de Belo Monte, como câncer, diabetes e depressão. Neste computo não entram os jovens que, após serem removidos das ilhas e margens do Xingu, foram vítimas da violência na periferia de Altamira e região...

 

Há menção a Belo Monte.

Leia a postagem completa aqui

Empresas relacionadas: Consórcio Norte Energia