Brasil: Defensoras/es de direitos humanos questionam em ação popular atuação da Anglo American em Conceição do Mato Dentro & sofrem ameaças; empresa nega relação com as ameaças

Autor: Joana Tavares, Brasil de Fato (Brazil), Publicado em: 27 May 2017

"Em Conceição do Mato Dentro (MG), moradores são ameaçados pela Anglo American-Em ação popular eles questionam atuação da mineradora e pedem mais transparência nas atividades da empresa", 27 de Maio de 2017
Apesar de ter os documentos que comprovam que é proprietário da terra onde vivia, o lavrador Lúcio da Silva Pimenta...teve que deixar a sua casa...que...estava em área de "servidão minerária", ou seja, em área de interesse da Anglo American. Lúcio atualmente mora em...galpão isolado...À noite, se esconde no mato para dormir, pois tem medo do que pode acontecer com ele, desde que foi um dos autores de uma Ação Popular impetrada contra a mineradora. Na ação, Lúcio e mais 4 pessoas em conflito com a mineração pediram o cancelamento da audiência pública, solicitada pela Anglo American. Na audiência seria apresentada a proposta de ampliação das atividades da empresa...[n]o projeto Minas-Rio...[,]...um dos maiores empreendimentos minerários do mundo...Vanessa Rosa Santos, outra autora da ação coletiva, recebeu em sua casa um bilhete "Já sabemos. Foi você. É a próxima"...[F]oi hostilizada nas ruas da cidade e recebeu ameaças de...fazendeiro. Vanessa e seu marido, Reginaldo Rosa dos Santos, também autor da ação, tiveram que deixar a casa onde viviam...comprometida com os tremores causados pelo mineroduto...Elias Souza, também autor da Ação Popular, foi agredido fisicamente na frente de seus filhos pequenos. Não foi a primeira vez. Após a agressão física e psicológica ele enfrentou problemas de saúde e ficou um tempo internado...No dia seguinte à decisão de suspender a realização da audiência pública solicitada pela Anglo, o quinto autor da ação, Lúcio Guerra Júnior, recebeu inúmeras ameaças...[A]s ações da mineradora...também causaram grandes perdas para o meio ambiente...[A]...Anglo American declarou que "é severamente contra a violência de qualquer forma e não tem nenhuma conexão com as ameaças"...[E que]...vem cumprindo todas as condicionantes do processo de licenciamento do Minas-Rio...[A]firmou que durante a implantação da Fase 1 do empreendimento...[os]...Córregos Pereira e Passa Sete...sofreram impactos...[O]s Ministérios Público Estadual e Federal se reuniram com os autores da ação para ouvir as denúncias. O MPE solicitou a inclusão das lideranças no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos e instaurou um Procedimento Investigatório Criminal na Promotoria de Justiça para apurar o caso.

Leia a postagem completa aqui