Brasil: Human Rights Watch lança relatório mundial com críticas, denúncias e recomendações ao cenário da segurança no país

Autor: Fernando Caulyt Deutsche Welle Brasil (Brazil), Publicado em: 17 January 2019

 "ONG diz que governo Bolsonaro deve tratar crise de segurança com medidas que reduzam o crime e respeitem direitos humanos e legalidade, sem encorajar polícia a matar. Relatório destaca ainda violência contra mulher”, 17 de janeiro de 2019

 

A crise de segurança pública que assola o Brasil deve ser tratada pelo governo Jair Bolsonaro com medidas que reduzam o crime e, ao mesmo tempo, estejam dentro dos limites da legalidade e respeitem os direitos humanos, afirmou a ONG Human Rights Watch (HRW) em seu relatório mundial...[A]...ONG...alerta...para o crescimento da violência no país e o aumento do número de mortes por forças policiais...[S]egundo o relatório, em vez de considerar políticas que violem os direitos humanos, o governo Bolsonaro deveria adotar reformas consistentes com as obrigações internacionais do Brasil em direitos humanos...[:]...[o]...reforço da capacidade de investigação da polícia civil para acabar com o clima de impunidade...[e]..[o]...fim da chamada "guerra às drogas", que só resulta em mais violência...[O]utro ponto destacado pelo relatório é a violência generalizada contra as mulheres no país...[O]...documento lembra que, até novembro, mais de 3.100 venezuelanos haviam se beneficiado de um programa federal de transferência para outros estados e critica casos de violência na fronteira, como a expulsão por brasileiros, em março, de venezuelanos de um abrigo improvisado em Roraima, e o linchamento por vários brasileiros, em setembro, de um venezuelano acusado de assassinato...

Leia a postagem completa aqui