Brasil: Min. Público Federal alega que assassinatos de líder rural e conselheiro tutelar em Anapu podem estar ligadas aos conflitos agrários na região

Brasil assassinatos Anapu_credit_Agencia Publica_https://apublica.org/wp-content/uploads/2019/12/apos-dois-assassinatos-em-uma-semana-lider-rural-ameacado-foge-de-anapu.jpg

O Ministério Público Federal afirmou em nota que o assassinato do líder sem-terra Márcio Rodrigues dos Reis e do conselheiro tutelar Paulo Anacleto respectivamente em 4 e 9 de dezembro, em Anapu, Pará, podem estar ligados aos conflitos agrários históricos na região. Uma liderança rural de Anapu comentou à Agência Pública sobre a escalada de violência, sobre os assassinatos e teme por sua vida, pois está ameaçado há 3 anos por sua luta pela reforma agrária. É a mesma região onde a missionária americana Dorothy Stang foi assassinada em 2005.

Receba RSS dos resultados

Todos os componentes dessa história

Artigo
19 December 2019

Brasil: Min. Público Federal alega que assassinatos de líder rural e conselheiro tutelar em Anapu podem estar ligadas aos conflitos agrários na região

Autor: Rafael Oliveira e Thiago Domenici, Agência Pública (Brazil)

"Após dois assassinatos em uma semana, líder rural ameaçado foge de Anapu - Liderança do Pará diz ter presenciado ligação telefônica que tem relação com os dois crimes mais recentes; polícia não confirma se casos envolvem disputa de terra", 18 de dezembro de 2019

Romildo,...liderança rural de Anapu (PA) que, por questões de segurança, não será identificada com o nome real, está ameaçado há mais de três anos por sua atuação na luta por reforma agrária na região onde foi assassinada a missionária americana Dorothy Stang, em 2005. Ele falou...sobre a escalada de violência no município, que desde 2015 já registrou 15 mortes, segundo a Comissão Pastoral da Terra (CPT). Duas delas...recentemente: a do líder sem-terra Márcio Rodrigues dos Reis (à direita na foto acima) e do conselheiro tutelar Paulo Anacleto [à esquerda na foto, morte ainda não contabilizada pela CPT], assassinados nos dias 4 e 9 de dezembro, respectivamente. Márcio Rodrigues dos Reis, 33 anos, foi morto com uma facada no pescoço após uma emboscada...descreve a nota. Márcio fazia parte de um grupo de famílias sem-terra que reivindicava o assentamento em uma terra grilada em Anapu, na Gleba Bacajá, quando passou a sofrer ameaças…[E]ra a principal testemunha dedefesa do padre Amaro, sucessor da missionária Dorothy Stang e acusado por ruralistas de liderar ocupações…Após sair da prisão pela segunda vez,...setembro de 2018, decidiu deixar Anapu por causa das ameaças de morte...Voltou...em 2019 para encontrar a família...e recuperar o emprego como mototaxista. No dia do assassinato de Márcio, o ex-vereador e então conselheiro tutelar Paulo Anacleto teria recebido uma ligação telefônica horas antes do assassinato. Segundo Romildo, ele próprio testemunhou a ligação junto a outras pessoas....Anacleto comentou que o autor da ligação,...conhecido fazendeiro da região, perguntava sobre a morte de Márcio horas antes da confirmação oficial do óbito. “Nós vimos e podemos afirmar que nós vimos”, diz Romildo. Segundo ele, a ligação indicaria que o fazendeiro tinha conhecimento da emboscada. Outras fontes consultadas pela reportagem confirmam que foi o ex-vereador e conselheiro tutelar Paulo Anacleto quem organizou um cortejo de mototaxistas rumo ao velório de Márcio...Cinco dias após o assassinato de Márcio, Anacleto também foi morto próximo à praça central de Anapu — e o filho de cinco anos viu o pai morrer. Testemunhas disseram que um homem desceu da garupa de uma moto e disparou contra ele, que estava dentro do carro...Os assassinatos são investigados pela Polícia Civil do Pará...O Ministério Público Federal (MPF)instaurou procedimento para acompanhar investigações e solicitou providências contra escalada de violência às autoridades de segurança pública do Pará. Segundo Romildo, se ele precisar depor, será morto por pistoleiros...

Leia a postagem completa aqui