Esse conteúdo é parte de uma história maior, mas essa história não está disponível em sua língua. Ainda assim, recomendamos que você leia este conteúdo no contexto de uma das histórias:

Brasil: Pescadores protestam contra decisão judicial que altera pagamento de indenização pela Samarco pelo desastre do Rio Doce, Vale comenta

Autor: Léo Rodrigues, Agência Brasil (Brazil), Publicado em: 22 January 2019

“Pescadores fecham ferrovia após aval para Samarco mudar indenização”,15 de janeiro de 2019

Centenas de pescadores bloqueiam...[a]...estrada de ferro que liga o estado Minas Gerais ao Espírito Santo. Eles protestam contra a decisão da Justiça Federal de legitimar um entendimento da mineradora Samarco que afetará a indenização a ser paga aos atingidos da tragédia de Mariana (MG). O ato ocorre na altura da cidade de Baixo Guandu (ES)...[A]...ferrovia foi escolhida como alvo do protesto porque é operada pela Vale, uma das acionistas da Samarco...[A]urindo Alves, pescador de Linhares (ES)...[:]...["E]stá muito difícil. Provocaram uma tragédia nacional e agora não querem arcar com as consequências". Em nota...[:]...["A]...Vale reforça que a paralisação de ferrovia é crime e coloca em risco a segurança de passageiros, empregados e terceiros”...[A]...pesca segue restrita em diversos municípios mineiros e capixabas da bacia do Rio Doce. A maioria dos pescadores ainda não conseguiu retomar integralmente suas atividades profissionais e recebem, todos os meses, um auxílio financeiro emergencial. Conforme o novo entendimento apresentado pela Samarco, e aceito pelo juiz Mário Franco Júnior, em decisão liminar, esses valores poderão agora ser descontados da indenização....

Leia a postagem completa aqui

Empresas relacionadas: BHP Billiton Samarco (joint venture BHP Billiton and Vale) Vale