Brasil: Pistoleiros, policiais e pecuarista são condenados em Rondônia pelo assassinato de Alysson Henrique Lopes, sem-terra, e por tentativas de assassinato de outros defensores

Autor: Comissão Pastoral da Terra/CPT (Brazil), Publicado em: 30 October 2017

"Pistoleiros, policiais e pecuarista são condenados em Rondônia por morte de sem-terra e tentativas de assassinato", 30 de outubro de 2017
Em 31 de janeiro de 2016, após uma reintegração de posse no Acampamento Terra Nossa, em Rondônia, cinco membros do acampamento sofreram uma...caçada humana...[Alysson Henrique Lopes]...foi morto e encontrado carbonizado...[Ruan Hildebran Aguiar]... continua desaparecido...Desde então, várias testemunhas e lideranças foram mortas. Quase dois anos depois, os responsáveis foram levados ao Tribunal do Júri...[de Ariquemes, em Rondônia que]...terminou...[em 27 de outubro de 2017]...O julgamento dos acusados das mortes...[dos]...dois jovens sem-terra...e da tentativa de assassinato de outras três pessoas na Fazenda Tucumã, na Linha 114, no município de Cujubim (RO), no dia 31 de janeiro de 2016, foi concluído com a condenação...de Rivaldo de Souza (executor);...Moisés Ferreira de Souza (executor);...cabo da Polícia Militar Jonas Augusto dos Santos (executor). Quanto aos mandantes, o pecuarista Sérgio Sussuma Suganuma foi condenado...[O]... grileiro da Fazenda Tucumã, Paulo Iwakami, conhecido como japonês, foi absolvido. Surpreendeu a absolvição de Paulo que, em seu depoimento em plenário, reconheceu ter contratado três equipes de segurança privada para a fazenda...Alysson Henrique Lopes...[teve o]...corpo ...encontrado carbonizado dentro do carro do pai dele e reconhecido através de exame de DNA...[O]...Júri...não reconhece[u]...a morte de Ruan Hildelbrand Aguiar...O Ministério Público já declarou que vai recorrer...[Em]...2017, foram assassinados diversos camponeses e lideranças das famílias do Acampamento Terra Nossa, que haviam se mudado para a região de Ariquemes...[e eram testemunhas]...Roberto Santos Araújo foi assassinado...[em]...2 de fevereiro...[,]...Elivelton Castelo do Nascimento...foi assassinado em Ariquemes...[em]...15 de fevereiro. Outro sobrevivente e testemunha da perseguição, Renato Souza Benevides, foi assassinado em Machadinho d'Oeste...[em]...4 de março. ...[Em]...7 de julho, foi morto...Ademir de Souza Pereira – uma das principais lideranças do Acampamento Terra Nossa...[E]m 13 de julho, o acampado Jeferson Nipomuceno, o "Jefinho"...foi assassinado também em Machadinho d'Oeste. Outras lideranças do Acampamento Terra Nossa receberam graves ameaças de morte...

Leia a postagem completa aqui