Brasil: Povos e comunidades tradicionais se reúnem para discutir impactos do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho na Bacia do Rio S.Francisco

Autor: Instituto Humanitas Unisinos/Comissão Pastoral dos Pescadores (Brazil), Publicado em: 18 June 2019

Brasil encontro povos_credit_V Encontro Popular da Bacia da Articulação Popular São Francisco Vivo

“Povos e comunidades da Bacia do SF se reúnem em Januária (MG) para discutirem o impacto de Brumadinho no Velho Chico”, 6 de junho de 2019

Organizações da sociedade civil e Pastorais sociais da bacia do rio São Francisco estarão reunidas...[no]...V Encontro Popular da Bacia da Articulação Popular São Francisco Vivo (APSFV). O encontro...deve reunir cerca de 80 representações de povos e comunidades tradicionais de toda a Bacia do Velho Chico. O objetivo do encontro é promover uma troca de experiências sobre os problemas que colocam em risco a vida do Velho Chico, além de pensar possíveis soluções para a manutenção do rio e dos povos da bacia...[O]...recente rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), que atingiu o rio Paraopeba, afluente do rio São Francisco, coloca em risco toda a Bacia e é uma das principais preocupações dos participantes do encontro. Cerca de 507 municípios com uma população de mais de 16 milhões de habitantes, correm o risco de serem diretamente atingidos pela água contaminada...[O]...encontro marca a volta dos encontros nacionais realizados pela Articulação Popular São Francisco Vivo. Surgida no ano de 2005, a Articulação Popular São Francisco Vivo chegou a reunir mais de 300 organizações da sociedade civil, como pastorais, movimentos sociais, povos e comunidades tradicionais dos cinco estados banhados pelo rio São Francisco (Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas), nas quatro regiões da bacia (Alto, médio, submédio e baixo)...

Leia a postagem completa aqui

Empresas relacionadas: Vale