Brasil: Povos Yanomami denunciam invasão de 10 mil garimpeiros, alegam que isso causa poluição dos rios, desmatamento, e violência em suas terras e pedem auxílio às autoridades

Autor: Instituto Socioambiental (ISA) (Brazil), Publicado em: 3 June 2019

Brasil garimpos ilegais TI Yanomami_credit_Rogerio Assis - ISA_https://www.socioambiental.org/sites/blog.socioambiental.org/files/styles/galleryformatter_slide/public/nsa/rs20040_oficinacacau_garimpo_aereas13-lpr_1.jpg?itok=obvpuI57

“Povo Yanomami solicita apoio do governo para combater maior invasão desde demarcação-Alarmadas com a presença de cerca de 10 mil garimpeiros em suas terras, lideranças indígenas foram até Brasília pedir auxílio das autoridades para enfrentar invasores”, 29 de maio de 2019

Cada vez mais assustados com as invasões de garimpeiros em seu território, os Yanomami foram até Brasília pedir que o Estado cumpra seu papel no combate à criminalidade na Terra Indígena Yanomami. Desde o início do ano, o garimpo ilegal explodiu, ameaçando os povos indígenas que vivem ali. É a maior invasão desde que a TI foi demarcada, em 1992. Na semana passada, uma comitiva dos povos Yanomami e Ye'kwana denunciou a situação ao Ibama, Funai, Ministério da Justiça, Ministério da Defesa, Ministério Público Federal e na Secretaria de Governo. Mais uma vez, os Yanomami e Yek’wana deixaram claro que não querem o garimpo em suas terras...[A]...estimativa é de que mais de dez mil garimpeiros estejam ilegalmente na terra indígena, poluindo os rios com mercúrio e assoreando seus leitos, derrubando a floresta, acabando com a caça, desencadeando violência e prostituição de mulheres indígenas. Outro risco iminente é o de contato com os povos indígenas isolados. Três pistas de pouso para aviões do garimpo e três áreas de exploração ilegal foram identificadas em zonas de circulação desses grupos, especialmente vulneráveis às doenças trazidas pelo homem branco. Hoje, a Terra Indígena Yanomami abriga sete registros de povos em isolamento voluntário, segundo dados da Fundação Nacional do Índio (Funai), apenas na porção brasileira do território...[A]s consequências...já são sentidas na capital de Roraima, Boa Vista, com a contaminação das águas que chegam na cidade...[A]...Fundação Nacional do Índio (Funai) anunciou que vai reabrir as bases de Proteção Etnoambiental na TI, que haviam sido fechadas por problemas orçamentários...

Leia a postagem completa aqui