Brasil: Temer sanciona lei da terceirização irrestrita muito criticada por movimentos sociais por fragilizar condições de trabalho no país

Na noite de 31 de março, o Presidente Temer sancionou sancionou lei da terceirização irrestrita, que libera a terceirização da mão-de-obra para todas as atividades de uma empresa. Movimentos sociais, acadêmicos e muitos setores da sociedade têm criticado esta e outras reformas do governo federal por entenderem que fragilizam as condições de trabalho. A medida foi criticada inclusive por membros do mesmo partido do presidente.

Receba RSS dos resultados

Todos os componentes dessa história

Artigo
4 April 2017

Brasil: Orgs. do movimento negro de SP alegam que reformas do gov. Temer, apoiadas pelo Congresso e grande mídia, aprofundarão efeitos do racismo & genocídio negro

Autor: Douglas Belchior, Carta Capital (Brazil)

“Negras e negros tomam ruas de SP contra reformas de Temer”, 3 de abril de 2017

...[Em]...[1o]...de Abril,...grupos e organizações do movimento negro de São Paulo convocaram a Marcha Negra Contra as Reformas Genocidas de Temer. A Uneafro Brasil...mobilizou seus estudantes após uma aula-pública na faculdade de direito da USP, local de concentração do ato. Em parceria com MTST...mobilizaram estudantes e moradores Sem Teto. Ativistas negras de diversos grupos participaram, entre eles representações da Frente Alternativa Preta, Negras e Negros Sem Medo, Núcleo de Consciência Negra na USP, MNU -Movimento Negro Unificado, APN’s – Agentes de Pastoral Negras e Negros, Conen – Coordenação Nacional de Entidades Negras de SP, Kilombagem, Associação Amparar, Núcleo Impulsor da Marcha das Mulheres Negras SP, Cooperifa, Coletivo Rosa Zumbi, além de ativistas e grupos autônomos. A principal motivação para a Marcha são os possíveis efeitos nas condições já precarizadas de vida da população negra, a partir das atuais politicas e reformas implementadas pelo governo golpista de Temer, com amplo apoio do congresso nacional e da grande mídia, conforme trecho da Nota publicada...[:]...O fim do direito a aposentadoria, o desmonte dos direitos trabalhistas, a terceirização irrestrita do trabalho, o congelamento de investimentos sociais por 20 anos e o aumento da repressão e da violência policial tem um caráter explicitamente racista e genocida(…) Sim, com as reformas de Temer, os efeitos do racismo e o genocídio negro vão se aprofundar...

Leia a postagem completa aqui

Artigo
4 April 2017

Brasil: Presidente Temer sanciona lei da terceirização irrestrita muito criticada por fragilizar condições de trabalho no país

Autor: Carta Capital (Brazil)

“Temer sanciona a lei da terceirização irrestrita-Texto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União, em meio a novos protestos contra reformas do governo”, 1o de abril de 2017

O presidente Michel Temer sancionou...[em]...31...[de março]...o projeto que libera a terceirização irrestrita da mão-de-obra, aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada. A lei foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, em meio a uma nova onda de protestos contra o peemedebista, e já está valendo. Com isso, qualquer atividade de uma empresa poderá ser desempenhada por um trabalhador terceirizado. Antes, o entendimento firmado pela Justiça era de que a terceirização só era permitida para a chamada atividade-meio, não podendo atingir a atividade-fim de uma empresa...O prazo final para a sanção do projeto era 14 de abril. Com a antecipação, o governo Temer deixou de fazer uma Medida Provisória que incluiria salvaguardas aos trabalhadores afetados pela terceirização...A celeridade imposta ao tema também teve o objetivo de blindar o governo de novas pressões...

Leia a postagem completa aqui