Brasil: Projeto ‘Escravo, nem pensar!” preveniu mais de 100 mil pessoas do trabalho escravo no estado do Tocantins em 2018

Autor: Escravo Nem Pensar!/Repórter Brasil (Brazil), Publicado em: 25 February 2019

 “Este é o primeiro projeto de prevenção ao trabalho escravo a ser realizado em nível estadual no Tocantins”, 26 de novembro de 2018

Em 2018, o Escravo, nem pensar! preveniu 104.418 pessoas do trabalho escravo no Tocantins, envolvendo 284 escolas de 98 municípios vulneráveis ao aliciamento e a exploração de trabalhadores. O resultado decorre do projeto de formação continuada “Escravo, nem pensar! no Tocantins”, realizado pela Repórter Brasil e a Secretaria de Educação do Estado (Seduc-TO), que formou profissionais...responsáveis pela multiplicação dos conteúdos sobre o tema do trabalho escravo e assuntos correlatos nas escolas...[A]...iniciativa contou com o apoio do Ministério Público do Trabalho e parceria da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e Coetrae-TO (Comissão Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo do Tocantins)...[X]avier Plassat, coordenador da Campanha Nacional de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo da CPT, relatou o forte engajamento dos alunos, professores, funcionários e comunidade extraescolar na execução do projeto...[O]...Tocantins é o sétimo colocado no ranking nacional de trabalhadores resgatados do trabalho escravo entre 1995 e 2017 (3.044 resgatados). Na região Norte, o estado ocupa o 2º lugar...

Leia a postagem completa aqui