Brasil: Relatório alerta para produtos da Bayer e da Basf que são restritos na Europa, mas vendidos em países como o Brasil e África do Sul

Autor: Deutsche Welle (Brasil), Publicado em: 4 May 2020

“ONGs pressionam Alemanha contra exportação de agrotóxicos proibidos para o Brasil. Relatório alerta para produtos da Bayer e da Basf que são restritos na Europa, mas vendidos em países como o Brasil, onde as duas empresas comercializam ao menos 24 agrotóxicos não permitidos na EU”, 28 de Abril de 2020

O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo em números absolutos, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO)...Dos 353 princípios ativos liberados no Brasil, quase metade são proibidos na União Europeia (UE). Um novo relatório revela que duas gigantes alemãs, Bayer e Basf, comercializam no Brasil ao menos 24 substâncias não permitidas na União Europeia (UE), sendo 12 delas classificadas como altamente tóxicas pela Pesticide Action Network...O levantamento, elaborado por um grupo de entidades da Alemanha, do Brasil e da África do Sul, foi divulgado nesta terça-feira (28/04), mesmo dia da assembleia anual de acionistas da Bayer...O estudo Agrotóxicos perigosos: Bayer e da Basf – um negócio global com dois pesos e duas medidas questiona a política...mapeia os agrotóxicos das duas empresas que têm uso proibido, restrito ou pedido de aprovação ainda não solicitado na UE, mas que são vendidos livremente em países do sul do globo, como Brasil e África do Sul, onde as legislações são menos rígidas. O levantamento foi feito em parceria pela rede de desenvolvimento alemã Inkota, a ONG católica alemã de ajuda ao desenvolvimento Misereor, a Fundação Rosa Luxemburgo (ligada ao partido A Esquerda), a Campanha Permanente Contra Agrotóxicos e pela Vida (no Brasil) e a Khanyisa Education & Development Trust (na África do Sul).

[Para mais informações em alemão, cliquei aqui]

Leia a postagem completa aqui

Empresas relacionadas: BASF Bayer