Brasil: Repórter Brasil denuncia financiamento de campanhas eleitorais por executivos de empresas que já estiveram na “lista suja” do trabalho escravo

Autor: Ana Magalhães, Daniel Camargos e Reinaldo Chaves, Repórter Brasil, (Brazil), Publicado em: 4 October 2018

“Álvaro Dias, Paulo Skaf, Anastasia e Ronaldo Caiado estão entre os financiados por fazendeiros e executivos de empresas que já entraram na “lista suja” do trabalho escravo, divulgada pelo Ministério do Trabalho”, 5 de outubro de 2018

Pelo menos 142 candidatos receberam doações, no valor total de R$ 10,7 milhões, de escravagistas...[O]...levantamento foi feito a partir do Ruralômetro, ferramenta desenvolvida pela Repórter Brasil...[E]mbora não haja impedimento legal para a doação por empregadores flagrados com trabalho escravo, as relações de interesse com políticos que têm projeção sobre questões trabalhistas deve ser monitorada...[O]...ex-ministro do Trabalho do governo Michel Temer, Ronaldo Nogueira...concorre à reeleição como deputado federal...[,]...[e]...sua campanha...recebeu R$ 100 mil de Rubens Ometto Silveira Mello, fundador e presidente do conselho de administração do Grupo Cosan, que entrou na “lista suja” em 2009 por ter submetido 42 trabalhadores a condições análogas à escravidão durante a colheita da cana-de-açúcar no interior de São Paulo...[N]ogueira editou uma portaria que alterava o conceito de trabalho escravo quando era ministro. A mudança reduzia as situações que caracterizavam o crime e dificultava a sua fiscalização. Uma semana após ter sido publicada, a portaria foi suspensa pelo STF...[A]...assessoria de imprensa do deputado não retornou aos vários pedidos de entrevistas da Repórter Brasil...[O]s executivos ligados à Cosan colocam o grupo empresarial no topo do ranking de doações entre os ligados às empresas que já estiveram na “lista suja”...[O]s executivos responderam...que as doações são de caráter pessoal e seguem as regras do TSE...[A]...empresa informou “que não permite qualquer irregularidade que desrespeite os direitos de seus funcionários”...[D]epois da Cosan, os executivos que mais doaram são da MRV Engenharia...[,]...flagrada com trabalho escravo cinco vezes, entre 2011 e 2014...[A]s doações de fazendeiros e executivos flagrados com o crime foram distribuídas aos principais partidos. O DEM lidera a lista com R$ 2,2 milhões, seguido por PSDB (R$ 2 milhões), MDB (R$ 1,1 milhão), PP (R$ 1 milhão), PHS (R$ 715 mil) e PT, que aparece na 6ª posição no ranking com seus candidatos recebendo R$ 600 mil...

Leia a postagem completa aqui

Empresas relacionadas: Cosan Group MRV Engenharia