JBS aceita reduzir ritmo em frigorífico. “Emoções…”, diria Roberto Carlos [Brasil]

Autor: Blog do Sakamoto, Publicado em: 24 February 2014

O Ministério do Trabalho e Emprego...[MTE]...suspendeu...interdição que havia imposto à...JBS...[que processa frangos]...em Montenegro...motivada por...“situação de grave e iminente risco à saúde e segurança dos trabalhadores''...após fiscalização...com o Ministério Público do Trabalho..[MPT]...Os empregados...não tiveram desconto em seus vencimentos...equipamentos e setores...estão passando por ajustes e devem ser liberados em breve, de acordo com o...gerente de recursos humanos da unidade...Máquinas com risco de causar amputação e esmagamentos de membros, provocar choques elétricos fatais e adoecimento...entre outros problemas foram apontamos pelo MTE e o MPT. De acordo com o auditor fiscal do trabalho Mauro Muller...a empresa atendeu às determinações, realizando melhorias em seu maquinários e removeram processos que levavam ao adoecimento dos empregados. Um dos fatores mais críticos era o “ritmo de trabalho imposto pelas máquinas''...De acordo com o procurador do trabalho...Sandro Sardá, essa mudança por parte da empresa pode ser considerada um avanço importante...[refere-se à Foxconn e à Friboi]

Leia a postagem completa aqui

Empresas relacionadas: Foxconn (part of Hon Hai) JBS