abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb
Artigo

Brasil: 1 em cada 5 trabalhadores usam aplicativos para ter renda

“Do WhatsApp ao Uber: 1 em cada 5 trabalhadores usa apps para ter renda”, 12 de Maio de 2021

Com a alta do desemprego e o fechamento de vários negócios com a pandemia de covid-19, muitos brasileiros precisaram improvisar para garantir o sustento...viram nos aplicativos uma alternativa de renda e passaram a depender dele parcial ou até totalmente.

Uma pesquisa...mostrou um crescimento de sete pontos percentuais no número de trabalhadores que recorreram a essas ferramentas entre fevereiro de 2020 e março de 2021. Antes eram 13% e agora são 20% -um em cada cinco trabalhadores...São 32,4 milhões de pessoas que recebem renda por algum aplicativo, dos quais 11,4 milhões aderiram ao serviço após o início da pandemia.

Quatro aplicativos lideram o ranking dos mais utilizados...Facebook e Instagram (34% entre quem usou os apps para renda)...Whatsapp (33%), de transporte (28%), como Uber e 99, e de venda online, como Mercado Livre e iFood (26%).

Facebook e WhatsApp são usados para oferecer produtos e serviços.

Para 15,7% dos trabalhadores que usam os apps, essas plataformas são a única fonte de renda. Para 15%, os apps representam a maior fonte de renda e, para 14,6%%, metade dos ganhos. Para 30,8%, aplicativos representam a menor parte da renda, e 23,8% usam apps para um trabalho eventual...