abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthC4067174-3DD9-4B9E-AD64-284FDAAE6338@1xinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshIconnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

The content is also available in the following languages: English

História

30 Jun 2021

Brasil: Agência Pública denuncia venda ilegal de terras a estrangeiros pela Brasilagro, empresa da qual BTG Pactual e XP Investimentos são parceiros e acionistas

Agência Pública

A Agência Pública veiculou uma reportagem a respeito da Brasilagro, empresa investigada, desde 2016, pelo governo federal por aquisições ilegais de terras e vendas a estrangeiros. Nessa reportagem, a AP revela documentos que indicam que a Brasilagro comprou terras “sem autorização do Incra ou do Congresso”, o que é ilegal. A produção da Brasilagro chega a grandes empresas do exterior como Bunge, Cargill e Glencore; e grandes bancos como Citibank, Credit Suisse, JP Morgan e Itaú estão entre os acionistas com poder de voto na gigante agrícola. O BTG Pactual e a XP Investimentos, no último dia 24 de janeiro, formaram uma parceria que resultou em uma operação milionária de venda de ações da Brasilagro. As matrizes dos dois bancos e suas filiais nos Estados Unidos venderiam o equivalente a mais de R$ 670 milhões em ações. O que não fosse comprado por terceiros seria adquirido por ambos. Nós convidamos o BTG Pactual e a XP Investimentos a comentarem as denúncias da Agência Pública. A XP Investimentos respondeu. O BTG Pactual, apesar de ter retornado o contato, não enviou comentários sobre as alegações até o presente momento.

Respostas da empresa

XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A. Ver resposta
BTG Pactual

Sem resposta

Story Timeline