abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthC4067174-3DD9-4B9E-AD64-284FDAAE6338@1xinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshIconnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb
Artigo

20 Jun 2022

Author:
Conselho Indigenista Missionário

Brasil: Justiça Federal arquiva processo contra oito indígenas Akroá Gamella, em decorrência de conflitos com a empresa de energia elétrica do Maranhão

“Justiça Federal do Maranhão decide arquivar processo contra indígenas Akroá Gamella”, 20 de julho de 2022

O juiz federal...decidiu arquivar o processo contra oitos indígenas do povo Akroá Gamella, em decorrência de conflito com funcionários de uma empresa de energia elétrica do Maranhão na Terra Indígena (TI) Taquaritiua, localizada no município de Viana, no Maranhão (MA). Em sua decisão, o magistrado solicita “o arquivamento de inquérito policial ou quaisquer peças de informação constitui ato alicerçado em prévio requerimento ministerial a partir das constatações investigativas e posterior decisão jurisdicional”.

O conflito se deu com a chegada na terra indígena de empregados da empresa de energia, de forma hostil, acompanhados de jagunços armados, que depois se soube que eram policiais sem identificação. Na ocasião, o povo Akroá Gamella foi surpreendido com a presença destes representantes da empresa…com o objetivo de instalar torres e linhões de transmissão no território...

...desde 2016, a empresa tenta implantar suas torres de energia, que passam por dentro da terra indígena...

Para os Akroá Gamella, decisão é importante, ainda mais no contexto em que vivem os povos originários, de extremo retrocesso de direitos, de ameaças e violência contra seus territórios e aliados da causa indígena...