abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapelocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewprofilerefreshnewssearchsecurityPathtagticktooltiptwitteruniversalityweb

COVID-19: Trabalhadores da cadeia de suprimentos

O mundo do trabalho está sendo profundamente afetado pela pandemia global do COVID-19 (Coronavírus). Além da ameaça à saúde pública, as perturbações econômicas e sociais ameaçam os meios de subsistência e o bem-estar a longo prazo de milhões de pessoas. Os milhões de trabalhadores/as que estão no final da cadeia de suprimentos são particularmente vulneráveis ​​aos piores impactos da crise, geralmente mulheres e cuidadores/as de suas famílias e comunidades. Esses/as trabalhadores/as, partes-chave da economia global, fazem parte da força de trabalho oculta da produção mundial e já enfrentam salários de pobreza, condições de trabalho perigosas e inseguras e muito poucas proteções sociais.

Relatórios de como o surto está afetando as cadeias de suprimentos e interrompendo as operações de fabricação em todo o mundo estão aumentando diariamente. Fábricas na Ásia, partes da Europa e América Central estão fechando ou estão em risco de fechar devido à escassez de matérias-primas, pedidos reduzidos e problemas de saúde pública. Os/as trabalhadores/as migrantes nas cadeias de suprimentos também enfrentam riscos únicos como resultado de condições de vida inadequadas e lotadas, medidas severas de contenção e discriminação. Esta seção apresentará as últimas notícias sobre os impactos do surto de COVID-19 nos/as trabalhadores/as da cadeia de suprimentos, vulneráveis ​​à perda de emprego, infecção e agravamento das condições de trabalho.