abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

This page is not available in اللغة العربية and is being displayed in Portuguese

مقال

Brasil: ONU pede a autoridades brasileiras investigação sobre ataque à sede de mulheres indígenas em área de garimpo, no Pará

“ONU pede que autoridades brasileiras investiguem ataque à sede de mulheres indígenas no Pará”, 10 de abril de 2021

A Organização das Nações Unidas...pede investigações sobre o ataque à sede de uma associação de mulheres indígenas da etnia Munduruku Wakoborûn em Jacareacanga...Além disso, pede que autoridades brasileiras tomem medidas urgentes para proteger os indígenas e para responsabilizar os envolvidos no ataque...No dia 25 de março, dezenas de garimpeiros ilegais e representantes de uma minoria indígena aliciada pelos criminosos atacaram e depredaram o local, segundo o Ministério Público Federal (MPF).

De acordo com os escritórios ONU Direitos Humanos para a América do Sul e ONU Mulheres para Américas e Caribe, as notícias sobre o ataque foram recebidas com "preocupação". "Relatos de ataques contra defensoras e defensores de direitos humanos têm sido cada vez mais frequentes no país, especialmente contra lideranças indígenas", aponta nota divulgada pela ONU. O documento cita, ainda, o aumento de relatos de invasões às terras indígenas no país, ainda mais na pandemia de Covid-19...

Segundo o pedido da ONU, mulheres indígenas têm sido linha de frente na defesa de territórios e direitos humanos e, "por isso, têm sido especialmente visadas por ameaças, intimidações, tentativas de criminalização, entre outras formas de violência"...

Em nota, a PF informou que "apura os fatos e possui diligências em andamento. O inquérito policial está tramitando pela Delegacia de Polícia Federal de Santarém."...