Você será redirecionado/a para a história na qual essa parte de conteúdo se encontra, para que você possa lê-la dentro do contexto. Por favor, clique no link seguinte se não for direcionado/a automaticamente dentro de alguns segundos:
pt/brasil-reino-unido-trabalho-forçado-devida-diligência-e-resultados-de-pesquisa-sobre-cadeias-de-fornecimento-de-carne-bovina-e-madeira-incluindo-respostas-a-questionário-enviado-a#c185325

Resumo da pesquisa com empresas de carne bovina e madeira sobre devida diligência e trabalho forçado

Autor: Centro de Informação sobre Empresas e Direitos Humanos, Publicado em: 15 March 2019

"Resumo da pesquisa com empresas de carne bovina e madeira sobre devida diligência e trabalho forçado", Março de 2019

"Resumo da pesquisa com empresas de carne bovina e madeira sobre devida diligência e trabalho forçado", Março de 2019

...Em outubro de 2018, o Centro de Informações sobre Empresas e Direitos Humanos convidou 9 empresas brasileiras...[BRF, JBS Global, Marfrig, Minerva, Fibria Celulose, Klabin, Tradelink Madeiras, o Grupo Tramontina, o Grupo Sudati, Suzano Papel e Celulose]...de madeira e carne bovina a responder questionário sobre suas ações para prevenir o trabalho forçado em suas cadeias de fornecimento. Sete empresas responderam representando uma taxa de resposta de 77% (a taxa de resposta global do Centro é de cerca de 75%). Estas empresas foram escolhidas porque são grandes empresas de madeira ou carne bovina com exportações para o Reino Unido. Respostas completas estão disponíveis em português aqui...A Universidade de Nottingham, o Centro de Estudos e Pesquisas BRICS da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, o Centro de Informação sobre Empresas e Direitos Humanos, a Repórter Brasil e o Coalition of Corporate Responsibility (CORE) realizaram pesquisa sobre as cadeias de fornecimento de carne e madeira no Brasil, no ano de 2018. O projeto “The interaction of law and supply chain management in cross-judicial supply chains: supply chain effectiveness of modern slavery legislation” teve apoio da British Academy.  O Centro de Informação sobre Empresas e Direitos Humanos foi responsável por conduzir parte da pesquisa. Convidou as empresas a responder questionário sobre devida diligência e questões trabalhistas...

Baixe o documento inteiro aqui